Já é de conhecimento público que a Scream Weaver participou da trilha sonora do filme produzido e dirigido por Caio do AlmoSob o Olhar da Lua. Porém, hoje vamos falar mais do trabalho e adentrar detalhes da produção.

Primeiramente, convidamos a todos a assistirem o curta e conferirem a trilha no nosso canal do Youtube! Assim podemos falar mais sobre ambos sem nos preocuparmos com spoilers.

Pra quem acompanha o trabalho da Scream Weaver há algum tempo, já deve saber que Eloisio é um grande fã de trilhas sonoras de games e filmes. Desde novo o baixista sonhava em ter uma banda autoral e que a mesma também fizesse trabalhos com composição de trilhas. Foi em 2019 que Caio do Almo, amigo e colega de faculdade de Vinícius, convidou Eloisio para fazer parte do projeto de Sob o Olhar da Lua, porém o compositor já quis amarrar a banda ao filme para que então essa estréia acontecesse.

Na época a banda estava passando por um período de transição, procurando um guitarrista fixo, o que ocasionou na trilha ser escrita e composta em sua maioria pelo baixista, com a participação Vinícius e Nathália Newlands, respectivamente, nas canções Moon Lord e Lullaby – ambas ideias de Caio. O vocalista, usando sua voz gravíssima, para fazer a “voz” do Senhor da Lua, enquanto a cantora interpretou um poema escrito pelo diretor e arranjado por Eloisio.

Cartaz do filme feito por Caio do Almo

As gravações do curta foram feitas no começo de 2020, enquanto a edição durou o ano inteiro, devido as complicações causadas pela Pandêmia do COVID-19. Durante esse período de edição a trilha foi escrita e gravada, seguindo a direção artística de Caio, que participou ativamente nessa área do curta. Mesmo o rapaz não estando com Eloisio durante o processo de composição, ele adicionou muito com detalhes e ideias paras texturas e instrumentos de cada personagem da história.

Por falar nisso, um dos fatores mais interessantes das músicas do filme foi essa combinação de instrumentos e personagens, por exemplo, o piano sempre representa a memória do pai de Dante, enquanto os corais operáticos são a chamada para o Senhor da Lua. Cada som e instrumento foi pensado com muito carinho para combinar com a vibe de horror cósmico que o filme invocou.

Arte da trilha sonora feita por Vinícius Gonçalves

Atenção em especial para Father (ambas as versões), que foram as primeiras canções escritas para o curta. A melodia principal da música, por mais que não apareça por inteira no filme, foi pensada de forma que combinassse com a melodia e tom da canção de Dante e ao mesmo tempo com a do Senhor da Lua. E falando em tonalidade, essa foi uma questão muito importante, pois a ideia da cena no final do filme, em que todas as músicas tocam ao mesmo tempo, era de suma preocupação que as trilhas não apenas virassem barulho, mas tivessem um sentido musical ali, mesmo que fossem para causar incomodo. Você pode conferir o making of do filme aqui, e saber ainda um pouco a mais sobre esses detalhes!

O curta ganhou uma menção no site de David Massena, jornalista da região Serrana. Infelizmente, ainda não houve uma oportunidade melhor para apresentar o filme num teatro ou cinema local. A banda continua trabalhando com Caio e obras futuras ainda estão por vir – tanto no campo de trilhas quanto no de música experimental, estamos com um projeto novo para ser anunciado e logo o revelaremos. Fiquem atentos para mais novidades!

2 Replies to “A trilha sonora de ‘Sob o Olhar da Lua’”

  1. Muito Bacana Ficou o Trabalho da Banda Com A Questão das Trilhas , e Também é Bastante Interessante que as Composições Foram Feitas Se Pensando Nos Ambientes e Nas Cenas

    Parabéns a Todos os Envolvidos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.