Henrique Pinho – Baterista

O jovem começou a desenvolver seu gosto pela música por volta de 2009, durante o ensino médio, quando foi apresentado às bandas, Red Hot Chili Peppers e Linkin Park. Foi nessa época em que ganhou seu primeiro instrumento, o violão, e começou a tocar na igreja do bairro onde morava. Pouco tempo depois o jovem prodígio foi para o contrabaixo.

Como baixista fez parte de alguns projetos e bandas que acabaram não vingando. Foi em meados de 2012, quando a banda Rodney 89 – do vocalista e amigo de escola, Vinícius Zózimo – estava à procura de um baterista. Então, Henrique começou a aprender a tocar o instrumento para fazer parte do conjunto; durante as férias os ensaios foram frequentes e depois vieram os shows, meses depois. Em 2016, Henrique recebe o convide de Eloisio para fazer parte da Scream Weaver.

Suas influências são das mais diversas, indo desde as bandas já citadas até o Black Sabbath, Alice in Chains, System Of a Down, The Police, Foo Fighters, Opeth, Rainbow, Him, Ghost, Metallica, Stereophonics, Audioslave e Pearl Jam.

O baterista gosta de passar seus momentos de lazer jogando os mais diversos games e lendo livros de ficção, fantasia e distopias.

Vinícius Gonçalves – Vocalista

O cantor começou sua carreira de forma bem aleatória, como substituto em um musical da escola, aos 17 anos. Com essa primeira experiência em seu currículo, uma amiga de escola o convidou para participar de um coral nada ortodoxo, Los Pandas D’Acapulco, do qual fez as vozes de baixo e barítono por pouco mais de dois anos.

Quatro anos depois o cantor recebe o convite de Eloisio para fazer parte da Scream Weaver e então assumir o papel de vocalista principal e front-man da banda, ao lado dos outros companheiros, fechando o quarteto.

Suas inspirações e influências são das mais dispares, como Pentatonix (em especial sua fase A Capella), Avi Kaplan, Simon e Garfunkel, Johnny Cash, Ordinary Elephant, Elton John, Queen, Blind Guardian, Ghost, Him e Type-O Negative. Uma atenção especial para as 2 últimas bandas, devido aos vocais graves e pesados que Ville Valo e Pete Steele mostraram para o cantor que o metal e o rock podiam levar vozes graves para um estilo tão dotado de vozes agudas em seu núcleo.

Vinícius é um assíduo admirador e apreciador das artes cênicas e cinematográficas, contando com Rob Williams como seu maior pilar dentro do mundo da atuação. Os famosos RPGs (Role Playing Game) com temas envolvendo fantasia e ficção fazem parte da vida do jovem cantor, assim como séries de comédia e, claro e nem um pouco menos importante, patos!

Erick Eller – Guitarrista/Violonista

Aos 17 anos de idade, Erick começou seus estudos musicais na Academia de Artes San Remo, local onde permaneceu estudando por 2 anos até ingressar em aulas particulares, participando de workshops e cursos para aprimorar suas habilidades como músico e guitarrista. Foi nessa fase que o rapaz teve seu primeiro contato com bandas independentes, inicialmente formando a Dominattion – aqui foi quando suas experiências com composição e gravação começaram.

Posteriormente, ingressou na Faculdade Candido Mendes, onde se formou no curso de licenciatura em música, ampliando seu gosto e prática em diferentes e diversos gêneros musicais, assim trabalhando e tocando com os mais variados artistas, músicos e bandas, como O Vazio e Stockhouse. Atualmente, Erick faz parte da A Firma e da Scream Weaver – banda da qual foi convidado para participar em 2021.

Suas inspirações e influências vão desde bandas pesadas como Metallica, Mastodon, Lamb Of God, Nevermore, Sepultura, Iron Maiden, Tool, Type-O Negative, Black Sabbath, Black Label Society, Pantera, Lacuna Coil; até estilos e bandas mais variados como Pearl Jam, Nação Zumbi, Rush, AC DC, Steve Vai, Buckethead Led Zeppelin, Van Halen, Queens of Stone Age e Alice in Chains.

Além da música, o guitarrista fã do cinema e séries, tais como: O Senhor dos Anéis, Game of Thrones, Sons of Anarchy, IT, Supernatural, Saw, Into The Wild, O Labirinto do Fauno, Dragon Ball Z; os video games também o inspiram muito, como Final Fantasy, Metal Gear Solid, Legend of Mana, Legend of Legaia, Diablo e Dark Souls.

Eloisio Michalski – Baixista/Compositor

Aos 14 anos de idade, o adolescente começou a tocar violão muito inspirado e animado para tocar com seus colegas de escola que já sabiam tocar diversos instrumentos. Até esse momento, Eloisio só escutava as trilhas sonoras dos jogos que fizeram parte de sua infância e adolescência. Após 2 anos aprendendo a tocar o instrumento de 6 cordas, o rapaz se interessou pelo contrabaixo e começou a ter aulas do mesmo – foi nessa fase que começou a tocar com bandas independentes e se envolver com diversos artistas. Ali já estava plantada a semente de ter uma banda autoral e levar isso de forma séria e profissional, como contado na biografia da Scream Weaver.

Sua primeira experiência com um mundo mais profissional foi com a Z-bureck’s, formada pelo guitarrista e cantor, Pedro Friederich. Após alguns anos tocando nesse power-trio, Eloisio foi convidado para fazer parte de outro, chamado Jack The Killer. Nessa mesma fase o baixista fez parte do conjunto de rock psicodélico, Gnose – foi nesse momento em que o músico começou a desenvolver cada vez mais suas habilidades e a vontade de criar, compor e escrever músicas de sua própria autoria – porém, foi apenas em 2015 que as primeiras tentativas de formar a Scream Weaver, realmente, aconteceram.

Suas influencias e inspirações variam muito, contando com o peso do Black Sabbath, Him, Nightwish, Ghost, Nirvana, Slipknot; até à diversidade de Florence + The Machine, Rush, Concrete Blonde, Black Pumas, Galactic e Fantastic Negrito. Compositores como Nobuo Uematsu, Yoko Shimomura, Jeff Williams, Jon Lord, também fazem parte desse universo criativo e musical. Enquanto dentro das artes cênicas e cinematográficas, o rapaz é grande fã de O Senhor dos Anéis, Matrix, Piratas do Caribe, Star Trek, Monty Python, Breaking Bad, RWBY; na literatura, quadrinhos e mangás, conta com J.R.R Tolkien, Edgar Allan Poe, Machado de Assis, Álvares de Azevedo, Clarisse Lispector, Neil Gaiman, Neil Peart, Hiromu Arakawa, Kentaro Miura, Koyoharu Gotouge, Kamome Shirahama, Kaiu Shirai, Daisuke Igarashi, E.C Myers; na área dos games, jogos como Final Fantasy, Bloodborne, Dark Souls, Demon’s Souls, Hollow Knight e Castlevania fazem parte do escopo de entretenimento e inspiração do compositor.